INFORMATIVO

Leishmaniose = Calazar

Leishmaniose = Calazar, o que é fundamental saber
" O HOMEM também pode pegar esta doença, mas os CÃES são bem mais sensíveis.
" É provocada por um protozoário, que SOMENTE é transmitido através da picada do mosquito palha ( Lutzomia ), infectado.
" Sacrificar cães positivos, doentes ou não, assim como saneamento básico e dedetizações contra o mosquito, são medidas de controle da doença, indicados pela Organização Mundial de Saúde.
" A China imperial já exterminou todos os seus cães para controle desta doença. A Europa atual sacrifica apenas aqueles em que o TRATAMENTO não é indicado.
" Diante da visita do agente da Prefeitura, saiba que:
1. Você pode optar por fazer o exame em clínica particular.
2. Diante de um resultado positivo você pode e deve contestá-lo, refazendo-o com o seu Veterinário.
Importante:
" Nunca entregue seu cão ao sacrifício sem antes consultar seu Veterinário.
Prevenção:
" Mantenha seu quintal limpo e sem excesso de plantas, principalmente ao fim da tarde e noite, para evitar a presença do mosquito.
" Evite a permanência de seu cão em partes externas, ao entardercer e à noite.
" Não deixar luzes acesas próximas a seu cão .
" Use repelentes de insetos nos seus animais:
1. coleira Scalibor
2. Pulvex
3. Dropline
4. Autan ou off loção
5. Repelentes naturais (citronela, entre outros)
" Dedetize mensalmente (ou quinzenalmente em épocas mais chuvosas) seu quintal com inseticidas piretróides
" Vacinação (veja informativo sobre esta vacina)
O que oferecemos na Bichos da Família:
Nos orgulhamos por oferecer um trabalho seríssimo e diferenciado quanto a esta importante doença, em todos os aspectos:
" Prevenção
" Diagnóstico
" Tratamento ** (atualmente proibido pelos órgãos públicos)
" Eutanásia " humana e respeitosa" ( sem dor ou ansiedade )
** O tratamento não protege os proprietários das regras que por ventura sejam impostas pelos órgãos públicos sanitários. São medidas de proteção do bem estar do animal e de segurança para a sociedade, até que alguma outra determinação venha a cair sobre este paciente. E para tal é importantíssimo que o rigor do protocolo seja seguido rigorosamente, para o resto da vida deste paciente.

E que Deus proteja os nossos CÃES, que, se não bastasse serem vitimas frágeis da doença, são única, e por tanto insuficiente, medida de proteção ao HOMEM, realizada pelos órgãos públicos.

MAX A. ABREU
CRMV - MG: 4144 texto atualizado em 05/2009

 

 
Av. Dom Leme, 60
CEP: 31.140.560
email: bichosdafamilia@hotmail.com
(31) 3423.1313
Belo Horizonte
(31) 2511.2778